quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Antevisão da GameWeek 02


Análise estatística:
Swansea City e Manchester United enfrentam‑se no Liberty Stadium, num encontro para a 2ª jornada da Premier League. O historial de confrontos diretos disputados neste estádio indica equilíbrio entre estas duas equipas, já que houve 1 empate e 2 vitórias para cada equipa nos últimos 5 jogos. Contudo, no último confronto neste estádio, num jogo para a Premier League, a 06‑11‑2016, o Manchester United venceu por (1‑3). Os golos do jogo foram marcados por M. van der Hoorn (69' ) para o Swansea City e por P. Pogba (15' ) e Z. Ibrahimović (21' e 33' ) para o Manchester United. É necessário analisar com atenção especial a condição casa/fora, pois o Swansea City apresenta resultados diferentes em casa e fora.

Análise do Swansea City

A equipa da casa apresenta‑se nesta 2ª jornada depois de um empate por (0‑0) na sua estreia na liga, frente ao Southampton. Esta é uma equipa afetada pelo fator casa, mais forte quando joga com o apoio dos seus adeptos, já que nos últimos 30 jogos regista 4 vitórias, 4 empates e 7 derrotas como visitante, com 15 golos marcados e 18 sofridos; contra 9 vitórias, 1 empate e 5 derrotas no seu estádio, com 25 golos marcados e 25 sofridos. Nos últimos 10 jogos em casa o Swansea City regista 7 vitórias, 1 empate e 2 derrotas. O seu ataque tem marcado com regularidade, já que marcou golos em 7 dos últimos 10 jogos. Nos seus jogos em casa há uma tendência para haver golos, já que 18 dos seus últimos 21 jogos terminaram com Mais de 1,5 golos e 14 em 21 terminaram com Mais de 2,5 golos.

Análise do Manchester United

A equipa visitante apresenta‑se nesta 2ª jornada depois da vitória na sua estreia na liga, frente ao West Ham United, por (4‑0) Esta é uma equipa que mantém o rendimento quando joga fora do seu estádio, pois nos últimos 30 jogos regista 7 vitórias, 4 empates e 4 derrotas como visitante; contra 9 vitórias e 6 empates no seu estádio. Nos últimos 10 jogos como visitante o Manchester United ganhou 5, empatou 1 e perdeu 4. O seu ataque tem marcado com regularidade, já que conseguiu concretizar em 9 dos últimos 10 jogos. Em 15 jogos, sofreu o primeiro golo 5 vezes e apenas conseguiu 1 reviravolta. Nos últimos 20 jogos fora para todas as competições há 1 período que se destaca: sofreu 6 dos seus 16 golos entre os minutos (46'‑60').







Análise estatística:
AFC Bournemouth e Watford enfrentam‑se no Vitality Stadium, num encontro para a 2ª jornada da Premier League. O historial de confrontos diretos disputados neste estádio favorece a equipa da casa, que nos últimos 4 jogos ganhou 1 e empatou 3. Contudo, no último confronto neste estádio, para a Premier League, a 21‑01‑2017, o jogo acabou num empate por (2‑2). Os golos do jogo foram marcados por J. King (48' ) e B. Afobe (82' ) para o AFC Bournemouth e por C. Kabasele (24' ) e T. Deeney (64' ) para o Watford. Neste encontro o fator casa poderá ter um papel decisivo, pois o Watford tem apresentado diferenças de rendimento nos seus jogos em casa e como visitante.

Análise do AFC Bournemouth

A equipa da casa apresenta‑se nesta 2ª jornada depois de uma derrota por (1‑0) na sua estreia na liga, frente ao West Bromwich Albion. Esta é uma equipa pouco afetada pelo fator casa, isto é, apresenta resultados semelhantes em casa e fora, já que nos últimos 30 jogos regista 5 vitórias, 4 empates e 6 derrotas como visitante, com 18 golos marcados e 26 sofridos; contra 5 vitórias, 4 empates e 6 derrotas no seu estádio, com 23 golos marcados e 25 sofridos. Nos últimos 10 jogos disputados em casa para todas as competições, o AFC Bournemouth ganhou 4, empatou 2 e perdeu 4. A solidez defensiva não tem sido o seu ponto forte, já que sofreu golos em 9 dos últimos 10 jogos, mas o seu ataque tem marcado com regularidade, já que marcou golos em 7 dos últimos 10 jogos.

Análise do Watford

A equipa visitante chega a esta 2ª jornada depois de um empate na sua estreia na liga, contra o Liverpool, por (3‑3). Esta é uma equipa afetada pelo fator casa, mais forte quando joga com o apoio dos seus adeptos, já que nos últimos 30 jogos regista 2 vitórias, 3 empates e 10 derrotas como visitante, com um total de 11 golos marcados e 27 sofridos; contra 6 vitórias, 5 empates e 4 derrotas no seu estádio, com um total de 18 golos marcados e 20 sofridos. Nos últimos 10 jogos disputados fora para todas as competições, o Watford ganhou 1, empatou 2 e perdeu 7.




Análise estatística:
Burnley e West Bromwich Albion enfrentam‑se no Turf Moor, num encontro para a 2ª jornada da Premier League. O registo de confrontos diretos recentes favorece a equipa visitante, que nos últimos 4 jogos ganhou 2 e empatou 2. O anterior confronto direto entre estas duas equipas, a 06‑05‑2017, terminou com um empate por (2‑2). É necessária atenção especial para a condição casa/fora, já que ambas as equipas apresentam resultados significativamente diferentes nos seus jogos em casa e fora.

Análise do Burnley

A equipa da casa chega a esta 2ª jornada depois de uma vitória na sua estreia na liga, contra o Chelsea, por (2‑3). Esta é uma equipa afetada pelo fator casa, mais forte quando joga com o apoio dos seus adeptos, já que nos últimos 30 jogos regista 5 vitórias, 4 empates e 6 derrotas como visitante, com 23 golos marcados e 21 sofridos; contra 9 vitórias, 2 empates e 4 derrotas no seu estádio, com 21 golos marcados e 14 sofridos. Nos últimos 10 jogos disputados em casa para todas as competições, o Burnley ganhou 4, empatou 2 e perdeu 4. A equipa permitiu golos ao adversário em 8 dos últimos 10 jogos, pelo que a sua defesa necessita de melhorar, mas o seu ataque tem marcado com grande regularidade, já que marcou sempre pelo menos um golo nos últimos 10 jogos.

Análise do West Bromwich Albion

A equipa visitante chega a esta 2ª jornada depois de uma vitória na sua estreia na liga, contra o AFC Bournemouth, por (1‑0). Esta é uma equipa mais forte quando joga no seu estádio, pois nos últimos 30 jogos regista 2 vitórias, 6 empates e 7 derrotas como visitante; contra 6 vitórias e 9 derrotas no seu estádio. Nos últimos 10 jogos como visitante o West Bromwich Albion ganhou 2, empatou 2 e perdeu 6. A solidez defensiva não tem sido o seu ponto forte, já que sofreu golos em 8 dos últimos 10 jogos, mas o seu ataque tem marcado com regularidade, já que marcou golos em 8 dos últimos 10 jogos.




Análise estatística:
Leicester City e Brighton & Hove Albion medem forças no King Power Stadium, num jogo para a 2ª jornada da Premier League. Apenas há registo de 2 confrontos diretos recentes entre estas duas equipas: a 08‑04‑2014, que terminou com a vitória do Brighton & Hove Albion por (1‑4), e a 07‑12‑2013, que terminou com a vitória do Brighton & Hove Albion por (3‑1). Neste encontro o fator casa poderá ter um papel importante, já que o Leicester City apresenta diferenças significativas nos resultados conquistados em casa e como visitante.

Análise do Leicester City

A equipa da casa apresenta‑se nesta 2ª jornada depois de uma derrota por (4‑3) na sua estreia na liga, frente ao Arsenal. Esta é uma equipa mais forte quando joga no seu estádio, pois nos últimos 30 jogos regista 3 vitórias, 2 empates e 10 derrotas como visitante; contra 8 vitórias, 4 empates e 3 derrotas no seu estádio. Nos últimos 10 jogos em casa o Leicester City regista 7 vitórias, 2 empates e 1 derrota. A equipa permitiu golos ao adversário em 8 dos últimos 10 jogos, pelo que a sua defesa necessita de melhorar, mas o seu ataque tem marcado regularmente, já que conseguiu concretizar em 8 dos últimos 10 jogos.

Análise do Brighton & Hove Albion

A equipa visitante chega a esta 2ª jornada depois de uma derrota na sua estreia na liga, contra o Manchester City, por (0‑2). Esta é uma equipa que mantém o rendimento quando joga fora do seu estádio, pois nos últimos 30 jogos regista 7 vitórias, 4 empates e 4 derrotas como visitante; contra 10 vitórias, 1 empate e 4 derrotas no seu estádio. Nos últimos 10 jogos como visitante o Brighton & Hove Albion ganhou 5, empatou 3 e perdeu 2.





Análise estatística:
Liverpool e Crystal Palace enfrentam‑se no Anfield, num encontro para a 2ª jornada da Premier League. Neste estádio, o historial de confrontos diretos é favorável à equipa visitante, que regista 3 vitórias e 1 derrota nos últimos 4 jogos. Efetivamente, a última vez que se enfrentaram neste estádio foi a 23‑04‑2017, num jogo para a Premier League, que acabou com a vitória do Crystal Palace por (1‑2). Os golos do encontro foram marcados por Philippe Coutinho (24' ) para o Liverpool e por C. Benteke (42' e 74' ) para o Crystal Palace. Neste encontro o fator casa poderá ter um papel importante, já que ambas as equipas apresentam diferenças significativas nos resultados conquistados em casa e como visitante.

Análise do Liverpool

A equipa da casa apresenta‑se nesta 2ª jornada depois de um empate por (3‑3) na sua estreia na liga, frente ao Watford. Esta é uma equipa que curiosamente apresenta resultados mais positivos fora do que em casa, já que nos últimos 30 jogos regista 10 vitórias, 3 empates e 2 derrotas como visitante, com 30 golos marcados e 12 sofridos; contra 8 vitórias, 4 empates e 3 derrotas no seu estádio, com 26 golos marcados e 14 sofridos. A equipa chega a este encontro depois de uma vitória fora com o Hoffenheim por (1‑2). Nos últimos 10 jogos disputados em casa para todas as competições, o Liverpool ganhou 6, empatou 2 e perdeu 2. O seu ataque tem marcado com grande regularidade, já que marcou sempre pelo menos um golo nos últimos 10 jogos. Em 15 jogos, sofreu o primeiro golo 4 vezes e apenas conseguiu 1 reviravolta.

Análise do Crystal Palace

A equipa visitante chega a esta 2ª jornada depois de uma derrota na sua estreia na liga, contra o Huddersfield Town, por (0‑3). Esta é uma equipa que curiosamente tem sido mais forte fora do que em casa, pois nos últimos 30 jogos regista 6 vitórias, 2 empates e 7 derrotas como visitante; contra 5 vitórias, 2 empates e 8 derrotas no seu estádio. Nos últimos 10 jogos disputados fora para todas as competições, o Crystal Palace ganhou 5, empatou 1 e perdeu 4. A equipa permitiu golos ao adversário em 8 dos últimos 10 jogos, logo, há processos defensivos que precisam de ser melhorados. Nos seus jogos fora há uma tendência para haver golos, já que 22 dos seus últimos 25 jogos terminaram com Mais de 1,5 golos.








Análise estatística:
West Ham United e Southampton medem forças , num jogo para a 2ª jornada da Premier League. O historial de confrontos diretos entre estas duas equipas dos últimos 3 anos indica equilíbrio total, já que houve 2 empates e 3 vitórias para cada equipa nos últimos 8 jogos. O último confronto direto entre estas duas equipas, a 04‑02‑2017, terminou com a vitória do West Ham United por (1‑3). Neste encontro o fator casa poderá ter um papel importante, já que o Southampton apresenta diferenças significativas nos resultados conquistados em casa e como visitante.

Análise do West Ham United

A equipa da casa apresenta‑se nesta 2ª jornada depois de uma derrota por (4‑0) na sua estreia na liga, frente ao Manchester United. Esta é uma equipa pouco afetada pelo fator casa, isto é, apresenta resultados semelhantes em casa e fora, já que nos últimos 30 jogos regista 3 vitórias, 6 empates e 6 derrotas como visitante, com 19 golos marcados e 27 sofridos; contra 6 vitórias, 2 empates e 7 derrotas no seu estádio, com 15 golos marcados e 28 sofridos. Nos últimos 10 jogos disputados em casa para todas as competições, o West Ham United ganhou 4, empatou 2 e perdeu 4. A equipa permitiu golos ao adversário em 8 dos últimos 10 jogos, logo, há processos defensivos que precisam de ser melhorados.

Análise do Southampton

A equipa visitante chega a esta 2ª jornada depois de um empate na sua estreia na liga, contra o Swansea City, por (0‑0). Esta é uma equipa que curiosamente apresenta resultados mais positivos fora do que em casa, já que nos últimos 30 jogos regista 6 vitórias, 4 empates e 5 derrotas como visitante, com um total de 25 golos marcados e 20 sofridos; contra 5 vitórias, 4 empates e 6 derrotas no seu estádio, com um total de 11 golos marcados e 19 sofridos. Nos últimos 10 jogos como visitante o Southampton ganhou 4, empatou 3 e perdeu 3.




Análise estatística:
Stoke City e Arsenal enfrentam‑se no Britannia Stadium, num encontro para a 2ª jornada da Premier League. Neste estádio, o historial de confrontos diretos é favorável à equipa da casa, que regista 2 vitórias, 2 empates e 1 derrota nos últimos 5 jogos. No entanto, a última vez que se enfrentaram neste estádio foi a 13‑05‑2017, num jogo para a Premier League, que acabou com a vitória do Arsenal por (1‑4). Os golos do encontro foram marcados por P. Crouch (67' ) para o Stoke City e por O. Giroud (42' e 80' ), M. Özil (55' ) e A. Sánchez (76' ) para o Arsenal.

Análise do Stoke City

A equipa da casa apresenta‑se nesta 2ª jornada depois de uma derrota por (1‑0) na sua estreia na liga, frente ao Everton. Nos últimos 10 jogos disputados em casa para todas as competições, o Stoke City ganhou 3, empatou 3 e perdeu 4. A solidez defensiva não tem sido o seu ponto forte, já que sofreu golos em 8 dos últimos 10 jogos, mas o seu ataque tem marcado com regularidade, já que marcou golos em 9 dos últimos 10 jogos.

Análise do Arsenal

A equipa visitante apresenta‑se nesta 2ª jornada depois da vitória na sua estreia na liga, frente ao Leicester City, por (4‑3) Nos últimos 10 jogos como visitante o Arsenal ganhou 6 e perdeu 4. A solidez defensiva não tem sido o seu ponto forte, já que sofreu golos em 9 dos últimos 10 jogos, mas o seu ataque tem marcado com regularidade, já que marcou golos em 9 dos últimos 10 jogos. Nos seus jogos como visitante há uma tendência para haver golos, já que 28 dos seus últimos 30 jogos terminaram com Mais de 1,5 golos e 21 em 30 terminaram com Mais de 2,5 golos. Em 15 jogos, sofreu o primeiro golo 6 vezes mas conseguiu dar a volta ao resultado em 3.





Análise estatística:
Huddersfield Town e Newcastle United enfrentam‑se no The John Smith's Stadium, num encontro para a 2ª jornada da Premier League. O registo de confrontos diretos recentes entre as duas equipas não podia ser mais equilibrado, já que houve 1 empate e 1 vitória para cada equipa das últimas 3 vezes que se encontraram. O anterior confronto direto entre estas duas equipas, a 04‑03‑2017, terminou com a vitória do Newcastle United por (1‑3).

Análise do Huddersfield Town

A equipa da casa apresenta‑se nesta 2ª jornada depois de uma vitória por (0‑3) na sua estreia na liga, frente ao Crystal Palace. Nos últimos 10 jogos disputados em casa para todas as competições, o Huddersfield Town ganhou 4, empatou 1 e perdeu 5. O seu ataque tem marcado com regularidade, já que marcou golos em 9 dos últimos 10 jogos.

Análise do Newcastle United

A equipa visitante chega a esta 2ª jornada depois de uma derrota na sua estreia na liga, contra o Tottenham Hotspur, por (0‑2). Nos últimos 10 jogos disputados fora para todas as competições, o Newcastle United ganhou 4, empatou 3 e perdeu 3. O seu ataque tem marcado com regularidade, já que conseguiu concretizar em 9 dos últimos 10 jogos.



Análise estatística:
Tottenham Hotspur e Chelsea medem forças no Wembley Stadium, num jogo para a 2ª jornada da Premier League. O historial de confrontos diretos recentes é favorável à equipa visitante, que regista 5 vitórias, 3 empates e 2 derrotas nos últimos 10 jogos. O último confronto direto entre estas duas equipas, a 22‑04‑2017, terminou com a vitória do Chelsea por (4‑2).

Análise do Tottenham Hotspur

A equipa da casa apresenta‑se nesta 2ª jornada depois de uma vitória por (0‑2) na sua estreia na liga, frente ao Newcastle United. Nos últimos 10 jogos disputados em casa para todas as competições, o Tottenham Hotspur ganhou 9 e perdeu 1. A equipa permitiu golos ao adversário em 8 dos últimos 10 jogos, pelo que a sua defesa necessita de melhorar, mas o seu ataque tem marcado regularmente, já que conseguiu concretizar em 8 dos últimos 10 jogos. Nos seus jogos em casa há uma tendência para haver golos, já que 25 dos seus últimos 28 jogos terminaram com Mais de 1,5 golos. Nos 15 jogos que disputou, apenas conseguiu 1 reviravolta nos 5 jogos em que sofreu o primeiro golo. Há 1 período em destaque nos últimos 20 encontros disputados em casa para todas as competições: sofreu 5 dos seus 14 golos entre os minutos (76'‑90').

Análise do Chelsea

A equipa visitante chega a esta 2ª jornada depois de uma derrota na sua estreia na liga, contra o Burnley, por (2‑3). Nos últimos 10 jogos como visitante o Chelsea ganhou 7 e perdeu 3. A solidez defensiva não tem sido o seu ponto forte, já que sofreu golos em 7 dos últimos 10 jogos, mas o seu ataque tem marcado com regularidade, já que marcou pelo menos um golo em cada um dos últimos 10 jogos. Em 15 jogos, apenas conseguiu 1 reviravolta nos 6 jogos em que sofreu o primeiro golo.





Previsão:
Manchester City e Everton medem forças no Etihad Stadium, num jogo para a 2ª jornada da Premier League. O historial de confrontos diretos disputados neste estádio favorece a equipa da casa, que nos últimos 6 jogos ganhou 3 e empatou 3. Contudo, no último confronto neste estádio, para a Premier League, a 15‑10‑2016, o jogo acabou num empate por (1‑1). Os golos do jogo foram marcados por Nolito (72' ) para o Manchester City e por R. Lukaku (64' ) para o Everton. É necessária atenção especial para a condição casa/fora, já que ambas as equipas apresentam resultados significativamente diferentes nos seus jogos em casa e fora.

Análise do Manchester City

A equipa da casa chega a esta 2ª jornada depois de uma vitória na sua estreia na liga, contra o Brighton & Hove Albion, por (0‑2). Esta é uma equipa mais forte quando joga no seu estádio, pois nos últimos 30 jogos regista 7 vitórias, 4 empates e 4 derrotas como visitante; contra 11 vitórias e 4 empates no seu estádio. No último jogo que disputou, para a Club Friendlies, perdeu com o Girona fora por (1‑0). Nos últimos 10 jogos em casa o Manchester City regista 7 vitórias e 3 empates. O seu ataque tem marcado regularmente, já que conseguiu concretizar em 8 dos últimos 10 jogos. Nos seus jogos em casa há uma tendência para haver golos, já que 47 dos seus últimos 55 jogos terminaram com Mais de 1,5 golos e 40 em 55 terminaram com Mais de 2,5 golos. Nos últimos 20 jogos em casa para todas as competições há 1 período que se destaca: sofreu 7 dos seus 19 golos entre os minutos (76'‑90').

O Manchester City faz neste jogo a sua trigésima quarta exibição no ano de 2017, que marca o seu primeiro jogo dentro de casa nesta edição do Campeonato Inglês, tentando manter o bom desempenho que tem mostrado para estrear frente aos seus adeptos com um resultado positivo. A equipa está embalada após ter conquistado uma boa vitória fora de casa na jornada de abertura. O seu último jogo foi um amistoso contra o Girona, que acabou com a vitória dos espanhóis por 1x0. Antes, como preparação, a equipa disputou apenas um amistoso, vencido por 3-0, e já acumulava duas vitórias seguidas pela International Champions Cup. Para este jogo, o técnico deve manter a equipa no 3-1-4-2, com destaque para David Silva no meio campo.

Análise do Everton

A equipa visitante chega a esta 2ª jornada depois de uma vitória na sua estreia na liga, contra o Stoke City, por (1‑0). Esta é uma equipa afetada pelo fator casa, mais forte quando joga com o apoio dos seus adeptos, já que nos últimos 30 jogos regista 5 vitórias, 6 empates e 4 derrotas como visitante, com um total de 18 golos marcados e 16 sofridos; contra 12 vitórias, 1 empate e 2 derrotas no seu estádio, com um total de 37 golos marcados e 13 sofridos. A equipa chega a este encontro depois de uma vitória em casa com o Hajduk por (2‑0). Nos últimos 10 jogos disputados fora para todas as competições, o Everton ganhou 3, empatou 3 e perdeu 4. O seu ataque tem marcado com regularidade, já que marcou pelo menos um golo em cada um dos últimos 10 jogos.

O Everton entra em campo para a sua vigésima nona exibição neste ano, que marca o seu primeiro jogo fora de casa nesta edição do Campeonato Inglês, tentando manter o ótimo desempenho que tem apresentado para conseguir um resultado positivo longe casa. A equipa vive um bom momento neste início de época, já que está invicta há oito jogos. Agora, a equipa vem de duas vitórias consecutivas: uma na jornada de abertura do campeonato nacional, e a última pela Liga Europa. Como preparação para esta época, o clube disputou quatro amistosos, acumulando duas vitórias e dois empates. Para este jogo, o treinador deve manter a equipa no 4-2-3-1 ou no 3-4-2-1, com destaque para Gueye no meio campo.

Enviar um comentário