sexta-feira, 17 de agosto de 2012

À conversa com o Campeão da "Rossas Premier League" 2011/2012




 
Nome: Bruno Almeida Antunes
Idade: 29 anos
Clube: Futebol Clube do Porto
Clube na Premier League: Liverpool e Arsenal
Ocupação: Treinador de Futebol e Professor de Educação Física
Tempos Livres:  Futebol, Séries televisivas, Filmes e PC


Miguel Brandão: Como os leitores certamente saberão és tu o grande responsável pela existência desta Liga de Rossas. O que te levou a fundar esta "Rossas Fantasy League"?

Bruno Antunes:
Antes de mais a paixão pelo futebol e em particular pela Premier League. Esta foi sempre a liga que mais acompanhei e acompanho e, quando soube da existência da Fantasy, achei engraçado começar uma liga com amigos. Como tenho orgulho na freguesia onde moro decidi chamar-lhe Rossas Premier League. As pessoas começaram a aderir e a gostar e assim, com o tempo, acrescentaram-se a Rossas Champions League e a Rossas Europa League, fazendo então a comunidade da Rossas Fantasy League.
Miguel Brandão: Como é que tomaste conhecimento deste jogo e o que é que te levou a entrar neste mundo da Fantasy?
 
Bruno Antunes:
O conhecimento deste jogo deu-se num dia quando estava a consultar o site da Premier League e vi que existia jogos relacionados com a Premier League sendo um deles a Fantasy. Investiguei a ver o que era e, como treinador que sou e sempre gostei de jogos relacionados com gestão de equipas de futebol, jogava muito ao CM (que agora se chama FM), achei que este jogo seria muito interessante e, foi o que me levou a entrar no mundo da Fantasy. Acho que o mais interessante é que a Fantasy junta a realidade com a fantasia, o que nos faz estar sempre atentos aos jogos da Premier League à espera que as nossas apostas resolvam os jogos. Muitas das vezes interessa mais isso que o próprio resultado dos jogos. E, depois aliar isto a uma liga com amigos é o que dá mais prazer e "pica" de jogar a Fantasy.

Miguel Brandão: Antes de iniciares o teu percurso na Fantasy, alguma vez pensaste que conseguirias chegar a campeão desta Rossas Premier League?

Bruno Antunes:
Sinceramente, sim. Mas no 1º ano em que a criei, porque éramos só 9 participantes. Mas as minhas "contas" saíram furadas (risos). Depois com o passar das temporadas o número de participantes aumentou drasticamente e, aí senti que seria mais difícil, o que valoriza ainda mais a minha vitória na época passada. No entanto, nestes 4 anos esse foi  sempre o meu grande objectivo e andei sempre próximo do título, sempre na luta e nos lugares cimeiros. Finalmente consegui na época transacta atingir o título o que foi um enorme orgulho e satisfação.

Miguel Brandão: Ganhaste também o título na Champions...

Bruno Antunes:
Foi uma época fantástica para mim confesso. Dois títulos em quatro possíveis foi muito bom e será algo difícil de repetir mas não impossível. Até porque para as pessoas que não sabem o Ayrton Antunes na 1ª temporada da Rossas Fantasy League também conquistou a Premier League e a Champions League.  Logo, qualquer um dos participantes na Rossas Fantasy poderá voltar a igualar este feito. A nível pessoal devo confessar que estou convicto que no futuro conseguirei ganhar ainda mais troféus e lutarei para isso acontecer apesar de saber das dificuldades que me esperam. Quero "rechear" a minha sala com troféus, para quando convidar o Rui Zé para vir a minha casa ele se sentir em casa (risos).

Miguel Brandão: Na Premier o título foi discutido mesmo até à última jornada. Foi apenas aí que suspiraste de alívio ou tinhas já consciência de que poderias, de facto, ganhar a Rossas Premier League?

Bruno Antunes:
Foi na Premier League e na Champions League. Na Premier League a 3 jornadas do fim andava tudo muito indefinido, entre mim, o Zé Luís Vieira e o Diogo Vieira. Nessa jornada, estrategicamente estive muito bem porque usei a wilcard na altura certa. Aí ganhei vantagem sobre os meus concorrentes directos e partia como favorito para as 2 últimas jornadas. No entanto, como no passado já estive em 1º a 3 jornadas do fim com mais de 60 pontos de vantagem sobre o 2º classificado e, ainda assim fiquei em 3º lugar (!!!!!) fiquei sempre alerta para não voltar a acontecer o mesmo.
Na Champions devo confessar que acabei por ter sorte pois o Roberto andou sempre em 1º lugar a temporada toda, mas um descuido dele, ao não fazer a equipa numa jornada, fez com que passasse para primeiro. Esse descuido ainda por cima foi na fase das eliminatórias e, um descuido desses pode sair muito caro e foi o que aconteceu. Depois passei para 1º e não facilitei, chegando à última jornada com uma vantagem confortável e, aí senti que o título estaria entregue, facto que se veio a verificar.
Resumindo: uma época fantástica em que as dificuldades foram tremendas devido à qualidade dos treinadores presentes na comunidade da Rossas Fantasy o que exigiu de mim muito empenho e dedicação para conseguir atingir estes objectivos. Aliado a isto também alguma sorte.

Miguel Brandão: Como fazes para preparar a tua equipa em cada jornada? Ocupa-te muito tempo?
 
Bruno Antunes:
Sim, confesso que sim, que me ocupa algum tempo. No início de cada época é quando perco mais tempo a fazer a equipa porque tenho que ver as novas contratações dos clubes e ver quais foram as apostas de pré-temporada dos treinadores.  Depois com o decorrer da época, em cada semana costumo estar certa de 1 hora a preparar a jornada seguinte. Para preparar cada jornada, para além de me basear nos critérios que todos os treinadores da Fantasy utilizam como: estatísticas, desempenho dos jogadores, os jogos de cada jornada; baseio-me muito em feelings pessoais que determinados jogadores irão "partir tudo" em determinada jornada. Às vezes sai um Yakubu a fazer poker e outras vezes...nem vale a pena comentar (risos).

Miguel Brandão: O que é que te parece a existência de um blogue e de um grupo no facebook dedicados a esta Rossas Fantasy League? Há mais surpresas preparadas para esta época ou isso ainda não foi objecto de discussão?

Bruno Antunes:
Devo confessar que a minha ideia inicial como fundador da Comunidade da Rossas Fantasy League era apenas fazer uma liga de amigos, mas depois com a entrada do Miguel Brandão a Rossas Fantasy League passou para um patamar completamente diferente, direi mesmo um patamar de EXCELÊNCIA, que só comigo nunca teria atingido. Quero aproveitar esta oportunidade para dizer isto com muito orgulho: sem dúvida nenhuma que o grande dinamizador da Rossas Fantasy League é o Miguel Brandão. Para além do blogue, do reconhecimento aos treinadores de cada mês, dos convívios... ele é a alma desta Rossas Fantasy League e a maioria do sucesso que este projecto tem se deve a ele!!!!
Não quero deixar esta oportunidade para também reconhecer o mérito ao Rui Garrido que é uma pessoa muito dinâmica e sem ele a Rossas Fantasy League não era tão conhecida a nível concelhio e não só, graças à criação do grupo no facebook e às noticias relacionadas com esta comunidade ao nível da impressa concelhia.
Obrigado a ambos por elevar o nível da Rossas Fantasy League e por levar o nome e o símbolo desta Comunidade bem longe!!
Em relação às surpresas, tentamos todos os anos trazer algo de novo a este projecto e este não será diferente. No entanto, todos os participantes na Rossas Fantasy League têm o direito e o dever de dar sugestões para ainda melhorar mais este projecto. O nosso grande objectivo é ir de encontro às necessidades dos participantes na comunidade da Rossas Fantasy League para que estes se sintam bem e tenham prazer em participar na mesma e nesse sentido é fundamental ter sugestões e feedbacks de todos os participantes.
Miguel Brandão: Quais as tuas expectativas em relação à nova época na Premier? Esperas voltar a disputar o título?

Bruno Antunes:
Em relação à realidade considero que o Manchester United vai ser o campeão desta temporada. Em relação à Fantasy acredito em mais uma temporada muito competitiva e disputada até à ultima jornada. Estou curioso para ver o desempenho de alguns treinadores: Rui Zé - até agora não passou do "mister esperança", veremos se esta temporada passa a "mister confirmação"; Miguel Brandão - que no ano passado esteve abaixo das suas capacidades; Nutter, Va1, Ayrton, Tyra, Pedro Oliveira, Chiclas - que desapareçam por completo na temporada passada; Diogo Vieira - a ver se mantém os elevados níveis de desempenho que apresentou nas 2 temporadas passadas; Zé Luís e Alberto Vieira - a ver se confirmam a boa temporada transacta; Zé Filipe - se melhora a sua performance na parte final das temporadas porque "quebra sempre"; Zé Mário - após ser a revelação na temporada passada estou curioso para ver o que alcançará esta temporada; e por último o Nogueiro - Sinto que poderá ser uma boa surpresa esta época.
Em relação à minha participação apenas tenho a dizer que esta temporada estarei aqui para defender os 2 títulos que conquistei esta temporada e se possível tentar conquistar a Rossas Europa League.
Miguel Brandão: Queres deixar alguma mensagem aos teus “adversários” nesta Rossas Fantasy League?

Bruno Antunes:
A mensagem que quero deixar ao meus adversários não será diferente da dos últimos anos e peço desculpa se estou a ser repetitivo: LUTEM PELO 2º LUGAR QUE O 1º SERÁ MEU (risos).
E não podia deixar passar esta oportunidade para dizer ao Rui Zé que pague os 2 jantares que me deve das apostas "fantasyanas" que fizemos. Porque só assim poderemos voltar a fazê-las esta temporada, isto é, se quiseres, porque já sabes que eu ficarei sempre à tua frente (risos).

Miguel Brandão: Mais alguma coisa que queiras acrescentar e que ainda não tenha sido abordada nesta nossa conversa?

Bruno Antunes:
Para terminar apenas agradecer a todos os participantes na comunidade da Rossas Fantasy League. Agradecer de forma especial ao Miguel Brandao e ao Rui Garrido por tudo o que fazem por este projecto.
Espero que os treinadores desta Rossas Fantasy League continuem a gostar de participar nesta comunidade e desejo uma excelente temporada competitiva para a Rossas Fantasy League. Boa sorte para todos os treinadores, que vão precisar (risos).
 
Miguel Brandão:
Obrigado e felicidades para a nova época.
Enviar um comentário